IV Jornadas de Ciências da Comunicação FLUC

Programa

12 de junho de 2024

13 de junho de 2024


Debate de abertura

O debate de abertura terá a participação do Doutor João Figueira, do Doutor Pedro Jerónimo e da Doutora Liliana Carona. A moderação estará a cargo da Doutora Ana Teresa Peixinho. O debate realizar-se-á de forma presencial, no dia 12 de junho de 2024, no Anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. A participação é gratuita, mas é necessário fazer uma inscrição prévia.

JOÃO FIGUEIRA é doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade de Coimbra, sendo Professor Auxiliar na Faculdade de Letras da mesma universidade e investigador integrado do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20), desde 2004. Possui uma extensa bibliografia publicada em livros e em revistas científicas nacionais e estrangeiras. Como investigador, ministrou diversos cursos breves em universidades brasileiras, em universidades espanholas, entre outras. Antes de se dedicar exclusivamente à vida académica, João Figueira teve uma carreira de cerca de 20 anos dedicada ao jornalismo, tendo estado no Diário de Notícias, no qual ocupou o cargo de editor-adjunto (1993-2006). Durante a sua carreira jornalística, recebeu vários prémios e distinções, destacando-se um conjunto de reportagens sobre a síndrome do stress pós-traumático de guerra, concedido pelo Clube Português de Imprensa. Atualmente, as suas principais áreas de investigação incluem a História dos Media e do Jornalismo, as transformações contemporâneas do Jornalismo, populismo e democracia, assessoria mediática e Jornalismo, além da construção de memória nas Organizações.

LILIANA CARONA é doutorada em Ciências da Comunicação, pela Universidade de Coimbra. Atua na(s) área(s) de Ciências Sociais, com ênfase em Ciências da Comunicação, particularmente em Jornalismo. A rádio e a imprensa fazem parte do seu percurso profissional, sendo que no ensino superior já lecionou as disciplinas de Géneros Jornalísticos, Cibercultura, Ciberjornalismo, Estratégias de Comunicação nas Redes Sociais, Comunicação Radiofónica, Comunicação Áudio, Projeto Comunicação Multimédia. Está no grupo R/COM (Renascença) há 14 anos, enquanto jornalista correspondente na região Interior Centro. É ainda diretora do jornal centenário e Prémio Gazeta 2018, o Notícias de Gouveia (desde 2015). É especialista em jornalismo e reportagem, e é também cronista no jornal Público, com o espaço na secção Ímpar, denominado “Do Interior com amor”. É formadora certificada pelo Sindicato dos Jornalistas e pelo Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas, no âmbito da Literacia Mediática.

PEDRO JERÓNIMO é investigador auxiliar no LabCom – Comunicação e Artes da Universidade da Beira Interior (Covilhã, Portugal) e Coordenador do projeto “MediaTrust.Lab – Laboratório de Media Regionais para Confiança e Literacia Cívicas”, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Doutorado em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais – programa partilhado pela Universidade do Porto e pela Universidade de Aveiro – com uma tese pioneira sobre a produção de notícias online em redações locais. É também investigador colaborador no Centro de Estudos em Comunicação e Sociedade (CECS) e fundador do GT de Media Regionais e Comunitários da SOPCOM. Atualmente, é também investigador do projeto “CROSSMEDIA-EU – As alianças mediáticas como motor de sobrevivência do jornalismo face à desintermediação e à desinformação. Os consórcios e projetos jornalísticos colaborativos”, financiado pelo Governo de Espanha e pela Comissão Europeia. Participou noutros projetos nacionais e internacionais, sendo membro editorial, revisor e editor de revistas científicas nacionais e internacionais, e também assessor da European Fact-Checking Standards Network. É ainda formador certificado pelo Sindicato dos Jornalistas e pelo Conselho Científico-Pedagógico Nacional para a Educação Contínua. Iniciou a sua carreira como jornalista na imprensa regional.

ANA TERESA PEIXINHO é Professora Associada com Agregação na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Concluiu o doutoramento em Ciências da Comunicação na Universidade de Coimbra, em 2008, com distinção e louvor por unanimidade. É docente nos cursos de Jornalismo e Comunicação desde 2001. Integra o corpo de investigadores do CEIS20, onde coordenou, entre 2020 e 2023, juntamente com a Doutora Clara Almeida Santos, o Grupo de Investigação em Comunicação, Jornalismo e Espaço Público. Além disso, é investigadora colaboradora do Centro de Literatura Portuguesa (CLP). Nas suas unidades de investigação, concentra-se nos Estudos Narrativos Mediáticos e nos Estudos Queirosianos. A sua investigação é de natureza interdisciplinar, cruzando as Humanidades (Estudos Literários) com as Ciências da Comunicação (História da Imprensa e Estudos Narrativos Mediáticos). Atualmente, participa nos projetos de investigação Edição Crítica da Obra de Eça de Queirós (já tendo editado três obras) e Figuras da Ficção (em curso). Nos últimos três anos, fez parte de uma equipa de investigação com colegas de outras três universidades portuguesas, dedicada ao estudo da cobertura mediática da pandemia de COVID-19 e à comunicação do processo de vacinação em Portugal. Autora e coautora de livros e artigos científicos nas áreas das Ciências da Comunicação e dos Estudos Narrativos, tem marcado presença em encontros nacionais e internacionais especializados com apresentações. Além disso, desempenhou funções de gestão universitária, destacando-se como membro do Conselho Geral da Universidade de Coimbra (2012-2016), como subdiretora da FLUC (2013-2019; 2021 – presente) e como membro do Conselho Científico da FLUC (2011-2017).


Conferência

No segundo dia das IV Jornadas de Ciências da Comunicação FLUC, 13 de junho de 2024, a programação começará às 14h com a conferência do Doutor Viktor Chagas sobre humor e comunicação política. A moderação será realizada pelo Doutor João Miranda. A conferência será online e gratuita, mas é necessário fazer uma inscrição prévia.

VIKTOR CHAGAS é professor e investigador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, da Universidade Federal Fluminense (PPGCOM-UFF). É membro associado do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Democracia Digital (INCT.DD). Foi bolseiro de Pós-Doutoramento Junior (CNPq) em Comunicação e Cultura, pela UFBA. Doutorado em História, Política e Bens Culturais, pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (Cpdoc-FGV), dedica-se a investigações na área da Comunicação Política, em especial na interface entre Internet e Culturas Políticas, Economia Política da Informação, e Jornalismo e Política. É líder do grupo de investigação coLAB/UFF, e coordenador do projeto de extensão #MUSEUdeMEMES.

JOÃO MIRANDA é Professor Auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) e investigador no Centro de Estudos Interdisciplinares (CEIS20). Em 2019, defendeu a sua tese de doutoramento, intitulada “O Papel dos Jornalistas na Regulação da Informação: Caraterização socioprofissional, accountability e modelos de regulação em Portugal e na Europa”. Atualmente, é diretor da revista Mediapolis – Revista de Comunicação, Jornalismo e Espaço Público. É membro da Rede Interuniversitária de Estudos sobre Jornalistas, e é também coordenador do Grupo de Trabalho de Jornalismo e Sociedade da SOPCOM.

© Copyright 2024 – Todos os direitos reservados. 
Desenvolvido por IV Jornadas de Ciências da Comunicação FLUC